Gestante com Covid-19 passa por cesárea de emergência em UTI; bebê nasce sem a doença

Gestante com Covid-19 passa por cesárea de emergência em UTI; bebê nasce sem a doença

Uma das milhares de preocupações que têm afligido as gestantes nesta pandemia de Covid-19, a doença provocada pelo coronavírus, é se há transmissão de mãe para o feto – a chamada transmissão vertical. Ainda não há estudos conclusivos sobre o tema, mas têm se visto relatos de mães com a Covid cujos bebês nasceram sem a doença. Exemplo disso é um caso que aconteceu no Hospital das Clínicas (HC) de São Paulo e foi divulgado nesta terça-feira (14) em entrevista coletiva da Secretaria de Estado da Saúde.

“É uma criança que vai ficar bem, é um pingo de luz aí nesse mar todo”, disse a pediatra Glenda Beozzo, que estava no parto, uma cesariana emergencial em plena UTI de Covid-19, no HC-SP. Ela descreve a cena emocionante: “Nós montamos um leito para o bebê ser recebido no meio do corredor, porque a mãe não tinha condições de ser transferida para o centro obstétrico. Quando esse bebê nasceu, ele nasceu, obviamente anestesiado, como a mãe, porque as drogas passam para o bebê. Tinha uma senhorinha que não estava entubada, estava consciente, ela começou a rezar compulsivamente. E esse bebê está bem, ele já respira sem a ajuda de aparelhos. É uma criança que vai ficar bem. É um pingo de luz nesse mar todo”.

>> Leia todos os posts do blog sobre coronavírus 

Os médicos tiveram de fazer o parto emergencial dentro da própria UTI de Covid-19 na noite de domingo (12) por causa da gravidade do estado de saúde da mãe. Ela chegou transferida de outro hospital. A obstetra Renata Lopes, que realizou o parto, afirmou que oacesárea foi necessária para salvar a vida do bebê, que estava com oscilações no coração, mostrando sofrimento fetal.

Os médicos comemoraram a boa saúde do bebê. Agora trabalham pela mãe, que segue com ventilador mecânico.

Gestante deve seguir com rigor recomendações dos órgãos de saúde

O relato pode provocar sentimentos mistos nas mamães que vivem a expectativa da chegada do bebê em meio às incertezas do Covid-19. Por um lado, o alívio pela doença não ser necessariamente transmitida ao feto. Do outro, o pavor de ter complicações na gestação se pegar o coronavírus. Aqui no Blog da Maya, escrevemos recentemente que gestantes e puérperas foram incluídas no grupo de risco para Covid-19, mas explicamos por que não é para se desesperar. O importante é seguir com rigor as orientações passadas para o distanciamento social e as normas de higiene (máscara se precisar sair, lavar as mãos constantemente etc). E ouvir sempre seu médico.

Também já publicamos por aqui o relato de uma mãe que teve o bebê em meio à pandemia de Covid-19. Ela conta como se sentiu tranquila no hospital, onde teve parto normal.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *