Dicas para curtir um Carnaval seguro com crianças

Dicas para curtir um Carnaval seguro com crianças

Allah-la-ô ô ô ô ô Mas que calor ô ô ô” O Carnaval está chegando e você pretende levar o seu filho pequeno para curtir a folia? Há muitas opções de bloquinhos e festas para aproveitar o feriado com a criançada. Mas saiba que é preciso ter alguns cuidados na hora de ir pra rua com segurança e evitar contratempos. As crianças necessitam de uma atenção especial, visto que problemas como desidratação, insolação e perda auditiva são comuns nessa época.

Importante lembrar que lugar de criança é em blocos e festas infantis, em ambientes adequados para a sua idade. Aqui você encontra um guia com a programação do Carnaval Infantil em São Paulo, com opções de bailes para crianças e bloquinhos infantis da cidade.

E, a seguir, dicas para curtir o Carnaval em família com segurança, sem imprevistos e com muita, muita alegria:

1 – Proteja do sol

Fique de olho na previsão do tempo e, na hora de escolher o lugar da folia, opte por blocos em lugares arborizados, que ofereçam sombra, ou em ambientes climatizados. As temperaturas altas do verão podem provocar brotoejas e até levar a uma insolação. Não esqueça do protetor solar e do chapéu ou boné para proteger a cabeça.

2 – Ofereça muito líquido

Outro problema das altas temperaturas é a desidratação. Para evitar isso, ofereça bastante líquido (água mineral, água de coco, sucos) durante toda a festa. Avalie a possibilidade de armazenar os líquidos em garrafa térmica. Mães que amamentam também devem tomar bastante líquido.

3 – Opte por fantasias leves

Quem vai pra rua quer se fantasiar, não é mesmo? Pra criança, então, a roupa é o ponto alto da diversão. Os dias de calor pedem fantasias com tecidos leves e frescos, sem excesso de complementos que incomodem. Escolha calçados confortáveis e firmes para evitar quedas. Se for de tênis, lembre-se de amarrar bem o cadarço.

4 – Use produtos adequados

A pintura do rosto também faz parte da fantasia. Para isso, use tinta e maquiagem atóxicas e hipoalergênicas. Tenha um cuidado maior ao passar na área dos olhos. Quanto ao glitter, a purpurina do Carnaval, escolha as versões que sejam leves e sem metais pesados. Já há no mercado opções de glitter biodegradável, feito de matéria-prima natural como celulose, extratos minerais e vegetais. Uma alternativa válida tanto para a saúde quanto para o meio ambiente. Essa matéria da revista Crescer traz recomendações e cuidados sobre o uso do glitter no público infantil.

5 – Fique longe do som alto

Bebês novinhos não devem ser levados para lugares muito barulhentos porque a audição ainda é muito sensível e pode sofrer algum dano, de acordo com o site BabyCenter Brasil. Já para os demais que forem a blocos ou trio elétrico fique longe do som alto. Dependendo da idade e da sensibilidade da criança ,considere levar protetor auricular ou fones infantis anti-ruído.

6 – Identifique o seu filho

Em locais com aglomerações, redobre os cuidados com segurança. É importante a identificação das crianças em lugares com muita gente. Recomenda-se anotar na pulseira ou no crachá o nome da criança, dos pais e o telefone de contato do responsável. Outra medida que os pais podem tomar é combinar pontos de encontro com os pequenos, caso a família se separe.

7 – Preste atenção nas brincadeiras

Você também deve ficar de olho nas brincadeiras com confete. Segundo o BabyCenter, os pedacinhos de papel, incluindo a serpentina, podem entrar na boca de uma criança e, de repente, engasgá-la. Tire seu filho pequeno de perto se a brincadeira for “guerra de confete”. Atenção também a sprays de espuma, que podem causar escorregões e até intoxicação, se não forem atóxicos.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *