Dicas para curtir o Dia das Crianças na quarentena (sem aglomeração)

Dicas para curtir o Dia das Crianças na quarentena (sem aglomeração)

Já passamos mais da metade do ano dentro de casa, reorganizando rotinas e criando novas dinâmicas familiares na tentativa de proteger todos do novo coronavírus. Esse esforço conjunto, desde quando começou a pandemia, fez com que datas comemorativas como Páscoa, dias das Mães, dos Namorados e dos Pais fossem “celebradas” em isolamento social. E com o Dia das Crianças não vai ser diferente. No próximo dia 12 de outubro, as famílias vão precisar pensar em alternativas para comemorar com as crianças dentro do “novo normal”, longe de ambientes fechados e de aglomerações.

>>COVID-19 E CRIANÇAS: O QUE SE SABE SEIS MESES DEPOIS

Diante da flexibilização atual (ei, isso não quer dizer que a pandemia acabou), a vantagem é que há mais opções do que lá no começo da pandemia. Reunimos algumas dicas pensando em proporcionar um dia gostoso às crianças. E ah, não esqueça: se for comprar um presentinho para celebrar a data, não esqueça de garantir com antecedência. Muita coisa dá para adquirir pela internet. Mas para isso é preciso se programar para chegar a tempo. Afinal, ainda não é hora de frequentar shoppings nem de aglomerações em lojas para comprar o presente de última hora.

DICAS PARA O DIA DAS CRIANÇAS:

1 – Pergunte para a criança o que ela quer fazer
Antes de quebrar a cabeça e sair fazendo programação, pergunte à criança o que ela deseja fazer no dia 12 de outubro. Às vezes jogar o jogo preferido com a família ou comer o que ela mais gosta no almoço é o suficiente para que aquele dia seja mais do que especial. Agora, se ela vier com o pedido de reunir os amigos da escola em casa ou de ir a um show musical, aí você vai precisar lembrar, mais uma vez, que ainda não é hora de frequentar ambientes fechados com muitas pessoas. Aproveite, nesta conversa, para sugerir atividades que sejam possíveis naquele dia. Depois de mais de seis meses de pandemia, se você soube conduzir e explicar o que está acontecendo no mundo, com certeza seu filho ou filha vai entender que a restrição de programas é motivada por esse “bichinho chato que adoece as pessoas e ainda não foi embora”. E não por proibição dos pais, no caso.

2 – Decore a mesa do café da manhã com o tema preferido do seu filho/filha
Já imaginou a carinha de surpresa e alegria do seu pequeno ou pequena ao acordar na segunda-feira, dia 12, e encontrar uma mesa posta com os personagens da Disney? Ou junto com a família da Peppa Pig? Abuse da criatividade e monte um café da manhã bem gostoso com a decoração do tema preferido do seu filho. Vale decorar com brinquedos, balões, pratinhos que sobraram do último aniversário, música temática e por aí vai… Se quiser investir um pouquinho mais, pense na possibilidade de encomendar um bolinho decorado. Não é aniversário, mas com certeza vai ser uma festa!

3 – Aproveite para brincar e fazer um picnic no parque
Se sair de casa, atividades ao ar livre são as mais indicadas para diminuir a possibilidade de contágio. Parques e praças estão abertos em muitos lugares, alguns ainda em horários reduzidos. Levar as crianças para o parque e, de quebra, aproveitar para fazer um picnic é uma ótima opção. Para entretê-los evitando que queiram ir aos brinquedos coletivos (se houver) uma dica boa é levar objetos de casa como bola, bambolê e corda para pular. Patinetes e bicicletas também. Especialistas dizem que os parquinhos em lugares abertos tendem a ser mais seguros só se os pais garantirem a higiene das mãos. E também estar atento à quantidade de pessoas que estiverem no ambiente. Lembrando que o uso de máscara é obrigatório, inclusive para crianças acima de dois anos, e que é preciso manter distanciamento social.

4 – Organize brincadeiras em grupo à distância
Já que crianças não podem se ver e interagir pessoalmente, nada impede que elas se unam virtualmente para uma brincadeira em grupo. Algumas brincadeiras clássicas podem ser transpostas para o meio virtual de forma divertida. Uma delas é o jogo de mímica, por exemplo. Para as crianças maiores, jogos como o já conhecido “Stop” também são uma boa pedida. Combine com outros pais uma boa hora para que os filhos se reúnam na frente do computador. Eleja um adulto para coordenar as brincadeiras. Certamente vai ser uma experiência divertida e diferente. Só não esqueça de estipular um tempo limite em frente às telas.

5 – Reserve uma horinha na piscina do condomínio
Com o aumento da temperatura, um banho de piscina sempre parece uma boa ideia, principalmente pela felicidade das crianças em contato com a água. Mas a diversão em uma área comum do prédio precisa de atenção, principalmente para evitar aglomeração. Muitos condomínios fazem rotatividade na hora de usar o ambiente, para que famílias possam ficar distantes umas das outras, especialmente com crianças pequenas que costumam querer ficar em contato com outras. Se este é o caso do lugar onde você mora, já aproveita para conferir como está a agenda do dia 12 de outubro e reservar um horário adequado para sua família.

6 – Programe uma sessão no cinema drive-in
O costume de assistir filmes dentro do carro ressurgiu como uma alternativa de entretenimento durante a pandemia, já que é uma forma de se divertir sem contato com outras pessoas. Certamente seu filho/a vai adorar curtir essa experiência diferente. Não tem a poltrona confortável de um cinema, mas a pipoca e as guloseimas sim! Aqui você encontra uma lista com opções de cinemas no estilo drive-in em São Paulo. Já há programação para o feriado do Dia das Crianças. Agora é só planejar o que e onde assistir, e curtir em família sem interromper o isolamento social.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *