Crescem casos de miopia em crianças. Pandemia é a culpada

Crescem casos de miopia em crianças. Pandemia é a culpada

O confinamento domiciliar durante a pandemia da Covid-19 continua gerando prejuízos à saúde das crianças. Desde o ano passado, quando começou o isolamento social, os pequenos têm sofrido com alterações do sono, ganho de peso, distúrbios emocionais e de comportamento. E a lista não para por aí. Recentemente, conclui-se que até a visão das crianças foi afetada negativamente durante o período de isolamento. 

Em artigo publicado no começo do ano na revista científica Jama Ophthalmology, pesquisadores da China dizem que, em 2020, o número de casos de miopia nas crianças entre 6 e 8 anos cresceu até três vezes em comparação com os cinco anos anteriores. 

O estudo analisou 123.535 crianças nos últimos seis anos. Enquanto a incidência do problema oftalmológico era de 5,7% entre crianças com seis anos, durante os anos de 2015 a 2019, a taxa pulou para 21,5% em 2020, dentro da mesma faixa etária. O aumento também foi percebido nos pequenos com 7 e 8 anos. Já para aqueles com idades entre 9 e 13 anos não houve mudanças significativas, segundo os autores. 

A hipótese dos pesquisadores é a de que a falta de atividades ao ar livre, sem contato com a luz natural, e o maior tempo em frente às telas, principalmente as pequenas, como tablets e smartphones, tenham contribuído para esse aumento. 

O uso excessivo de telas, por exemplo, causa um esforço de acomodação ocular, que pode levar à miopia. Isso porque o músculo dos nossos olhos, que trabalha como uma espécie de zoom para a captura da imagem, precisa fazer esse trabalho de maneira repetitiva, explica o Hospital de Olhos Dr. Guimarães.

O texto reforça que é importante que as crianças tenham contato com a iluminação natural, já que ambientes fechados com iluminação artificial não apresentam a quantidade de luz necessária à boa visão. Descansos periódicos a cada 30 minutos ou 1 hora de uso contínuo de tela também é recomendado. 

No Brasil, segundo reportagem da Folha de S.Paulo, especialistas também já sentem o reflexo nos consultórios médicos. Oftalmologistas contam que têm atendido mais crianças recentemente.

A miopia é um distúrbio onde a pessoa enxerga mal de longe. Objetos distantes parecem nebulosos, enquanto os que estão perto se veem claramente. A miopia costuma ser hereditária, mas fatores ambientais também podem causar o problema. 

Os sinais de miopia em crianças

É importante que os pais fiquem atentos aos sinais apresentados pelas crianças. Os pequenos podem relatar dificuldades de enxergar ou apresentar comportamentos que indicam diagnóstico do problema. Se você perceber algo em seu filho, a indicação é consultar um oftalmologista. É mais comum descobrir a miopia em crianças na fase escolar, dos 6 aos 12 anos.

  • Dor nos olhos
  • Dor de cabeça
  • Dificuldade de ler o que a professora escreve no quadro
  • Assistir à televisão muito próximo da tela
  • Preferir smartphone e tablets, já que podem segurar mais próximo aos olhos
  • Demora em responder ao chamado de alguém distante
  • Coceira ou olhos irritados
  • Dificuldade em brincar


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *