fbpx

Gestação, amamentação e muito mais

Covid-19: crianças também precisam usar máscara?

Covid-19: crianças também precisam usar máscara?

O isolamento social ainda é a medida mais efetiva no combate à Covid-19, mas quem precisa sair de casa agora não pode esquecer um acessório extra. O uso de máscara virou obrigatório para toda a população, e não apenas para profissionais de saúde. Mas crianças também precisam usar máscara? Sim, o uso é para todos maiores de dois anos.

A máscara de pano é recomendada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e pelo Ministério da Saúde para tentar reduzir os casos de infecção por coronavírus. No fim de maio, a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) divulgou um documento de 21 páginas intitulado “O uso de máscaras faciais em tempo de Covid-19 por crianças e adolescentes: Uma proposta inicial”. As crianças e os adolescentes, até o momento, compõem a maior população de assintomáticos respiratórios. Por isso, a necessidade desse grupo também usar máscaras. A principal finalidade é impedir que, mesmo sem sintomas, transmitam o vírus. Mas o documento da SBP alerta: a máscara não invalida a necessidade de cumprimento das regras de higiene e afastamento. E o ideal, no momento, é que crianças e adolescentes fiquem em casa.

Por outro lado, vestir e manter a máscara não é tão simples quanto parece. Por isso, segundo a SBP, não há consenso entre os infectologistas se crianças pequenas devam realmente usá-las. O documento lembra que quando se usa a máscara, automaticamente, ela é contaminada. É preciso seguir algumas recomendações – e muitas vezes os pequenos não são capazes de atendê-las. As orientações são:

  • Antes de colocar e retirar a máscara, lave bem as mãos com água e sabão, seguindo as recomendações de higienização;
  • Assegure que a máscara esteja seca e em boas condições de uso;
  • Confira se o tamanho do acessório é compatível com o tamanho da face da criança e se não estão sobrando espaços nas laterais;
  • Cubra com segurança o nariz e a boca e prenda o elástico ou as tiras atrás das orelhas, sempre mantendo o conforto para a respiração;
  • Durante o uso, evite tocar ou ajustar a máscara. Se precisar encostar no tecido, coloque o dedo na parte interna da máscara, onde o risco de contaminação é menor, e nunca na frente. Depois de tocar, higienize as mãos com água e sabão líquido ou álcool em gel a 70%;
  • Na hora de retirar, remova o item por trás, sem tocar na sua frente, e guarde-o envolvendo em um envelope de papel ou em saco plástico até sua lavagem.

Crianças menores de dois anos não devem usar máscara

A recomendação da Anvisa, da SBP, da Academia Americana de Pediatria e do Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC) é que menores de 2 anos não usem máscara. O principal motivo é o risco de sufocamento.

Como o acessório deve estar bem ajustado ao rosto para que haja proteção adequada, explica a SBP, isso dificulta a entrada do ar – tendo em vista que as vias aéreas dos pequenos são de menor calibre. Isso sem falar na salivação intensa dos bebês e nos casos de obstrução nasal por secreção, que deixam a respiração dos nenéns mais comprometida.

Além do mais, os bebês têm o hábito de levar tudo à boca como forma de explorar o mundo e que, pelo estágio de desenvolvimento motor ainda precoce, teriam dificuldades para manusear a máscara sem se contaminarem ou até para retirá-la caso estivesse incomodando. O site bebe.com.br produziu um guia sobre o uso de máscaras em crianças, com base no documento da SBP. Vale a leitura. Você pode acessá-lo aqui.

Dicas para convencer seu filho pequeno a usar máscara

  • Enquanto estiver usando máscaras, olhe no espelho e fale sobre isso com a criança
  • Coloque algumas vezes dentro de casa para que a criança observe o adulto como faz e siga o exemplo; fazer de forma alegre e lúdica para aumentar o interesse da criança
  • A máscara pode ser um acessório divertido. Procure alguma estampa de algo que seu filho curta. Pode ser algum personagem de desenho, um animal, frutas de que ele goste, veículos etc; Dependendo da idade da criança, a máscara pode ser confeccionada junto com ela
  • Use um brinquedo que a criança goste para ensinar a colocar a máscara (uma boneca ou um bichinho de pelúcia, por exemplo), sempre ressaltando a importância de usar para proteger
  • Mostre fotos de outras crianças/amiguinhos usando máscaras
  • Use linguagem simples com crianças menores de 3 anos; se perguntarem por que as pessoas estão usando coberturas de rosto de pano, explique que existe um “bichinho” que pode adoecer as pessoas e que as máscaras são o “escudo” contra ele, assim pode ser mantida a saúde e a força para brincar! Já demos dicas no Blog da Maya sobre como falar com as crianças sobre a pandemia
  • Para crianças maiores de 3 anos de idade, tente se concentrar em germes, explicando que: alguns germes são bons e outros são ruins. Os maus podem deixá-lo doente. Como não podemos dizer quais são bons ou ruins, pois não os vemos, pois são muito pequeninos, as máscaras ajudam a manter os germes longe do corpo
  • Explique que as pessoas estão usando máscaras como uma maneira de ajudar aos outros
  • Peça para que as crianças vistam e usem em casa, por diversão
  • Crie jogos, pedindo para que tentem ler as expressões faciais um do outro apenas com os olhos enquanto estiverem de máscara
  • Faça uma conexão das máscaras com super-heróis, explicando que médicos e enfermeiras são heróis que protegem e ajudam às outras pessoas e as máscaras são parte de seus uniformes. Sendo assim a criança poderá ser super-herói e proteger outras pessoas dos germes usando essas máscaras

E se seu filho não colocar a máscara de jeito algum, não se desespere. Lembre-se de que é uma criança. Nós, adultos, também estamos adquirindo esse novo hábito. Tenha calma, dê um tempo para ele e reforce outras medidas de prevenção.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *